A tua vida não é o que tu pedes, a tua vida é um reflexo de quem tu és!

Do que serve pedires uma vida mais abundante se no dia-a-dia não contribuis, não dás, não te comportas como uma pessoa abundante de facto?

Do que serve pedires reconhecimento se depois não dás o teu melhor? Se não estás disposto(a) a correr riscos? De dar antes de receber? De ir mais além?

Do que serve pedires um emprego melhor se és medíocre no teu atual emprego?

Do que serve pedires uma vida extraordinária se não estás a ser uma pessoa extraordinária?

Do que serve pedires pessoas melhores para a tua vida se tu não dás o teu melhor?

Por isso é que a vida não é uma expressão do que tu pedes… pedir é fácil e na maioria das vezes não está minimamente alinhado com a pessoas que estás a ser.

No final das contas a tua vida é o reflexo perfeito de quem tu és em essência.

Então, começa por trabalhar de dentro para fora! Torna-te no tipo de pessoa que merece a vida que tu pedes e então, talvez, se te empenhares verdadeiramente, a magia começa a acontecer.

Estamos no início de um novo ano e eu garanto-te: não é a virada do ano que vai permitir-te ter uma vida melhor, mas sim o ser humano melhor em que te podes tornar.

Desejo que te tornes merecedor(a) da vida que tens pedido!

Conta comigo e conta-me aqui nos comentários se concordas com esta reflexão! 😉

E então? Vamos viver de Propósito? 😉

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado.