As 3 fases da descoberta do Propósito de Vida

Quando o objetivo é encontrar e viver o Propósito de Vida, é importante tomar consciência que este processo nem sempre é fácil e rápido.

Existem 3 fases do processo em que nos podemos encontrar por isso, é fundamental conhecermos cada uma delas para percebermos em qual nos encontramos e criarmos a estratégia adequada para passarmos à fase seguinte.

Este artigo tem como objetivo descrever estas 3 fases de forma a que o leitor consiga obter clareza da fase em que se encontra neste processo de descoberta.

1ª fase: Não sabemos.

Esta é aquela fase em que nos sentimos completamente perdidos.

Não temos clareza das nossas paixões, talentos, nem de que forma gostaríamos de contribuir para o mundo. Por outras palavras, não fazemos a mínima ideia de qual é o nosso Propósito de Vida.

Nesta fase, a solução é fazermos um forte investimento no nosso autoconhecimento. Devemos focar toda a nossa atenção na busca da resposta à seguinte pergunta: Quem sou eu?

Enquanto não nos conhecermos verdadeiramente, não iremos ganhar clareza do nosso Propósito.

2ª fase: Sabemos, mas achamos que não sabemos.

Esta é a fase em que achamos que não sabemos o nosso Propósito de Vida, mas no fundo sabemos.

As razões pelas quais estamos nesta fase de negação podem ser várias, mas partilho aqui algumas hipóteses: falta de conexão com a nossa verdade interior; desvalorização completa das nossas paixões e talentos; medo do julgamento; achar que não é possível.

Nesta fase a solução é continuarmos a investir no nosso autoconhecimento e termos a coragem para assumirmos a nossa verdade, e começarmos a tomar decisões conscientes na direção do nosso Propósito.

3ª fase: Sabemos, mas não sabemos como.

Esta é a fase em que já sabemos exatamente qual é o nosso Propósito de Vida mas não sabemos como pô-lo em prática. Não sabemos como transformar este chamado numa atividade através do qual poderemos viver na plenitude o nosso Propósito de Vida.
Nesta fase as possibilidades são imensas por isso a solução é focarmos toda a nossa atenção em descobrir “a forma” que queremos dar ao nosso Propósito. Segue-se algumas questões para reflexão: Que atividades estão ligadas a este Propósito? O que gostaria de fazer? Que carreira está alinhada com este Propósito? Onde é que gostaria de desenvolver a minha carreira? Gostaria de ter o meu próprio negócio? Precisarei de sócios? O que preciso de aprender?

A grande desafio agora é o leitor ter clareza da fase em que se encontra e seguir os passos necessários para viver o seu Propósito de Vida.

E então? Vamos viver de Propósito? 😉

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado.